Arco e Flecha

Em 2012 tive a oportunidade de ser apresentado a este esporte maravilhoso!

Foi um tiro certeiro: acabei me apaixonando.

Nada a ver com o cupido!!

Um dos esportes mais antigos de que se tem notícia, seu uso quase sempre foi vinculado à caça e à guerra.

Nos dias atuais, continua diretamente ligado à caça, mas foi mundialmente difundido como esporte, inclusive olímpico.

Tem como principais modalidades de competição os tiros com arco recurvo e com arco composto.

E Minas Gerais, de longa data, vem contribuindo para o engrandecimento deste esporte, contando com atletas de renome nacional e internacional, profissionais dedicados que, apesar dos poucos incentivos que o esporte tem em geral no Brasil, vem alcançando resultados expressivos tanto no campo de competição, quanto na formação técnica dos atletas.

Um esporte sim, mas que também nos leva a repensar sobre como nos posicionamos diante da vida!

Porque?

Diferentemente do que a grande maioria pensa, neste esporte, não é a pontaria, mas sim a postura, como você se coloca e se posiciona para cada disparo/tiro, que carrega consigo a maior parcela da responsabilidade de seu sucesso em acertar o alvo.

Se assim não fosse, como poderia um deficiente visual praticar tal esporte?

Não se nos parece com nossa caminhada para atingir nossos objetivos?

É a consistência, a coerência, o controle e a assertividade de cada movimento que conduzem a flecha ao centro do alvo.

Vale a pena experimentar! Procurem um clube perto de vocês.

Pratico na Federação Mineira de Arco e Flecha, que tem suas atividades realizadas no Mineirinho em Belo Horizonte.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *